Magalu reabre curso de TI só para mulheres


O Magalu abriu inscrições para a terceira edição do programa Luiza <Code>, curso de aceleração na área de desenvolvimento de software, com 210 novas bolsas de estudo exclusivas para mulheres. O programa tem como parceiro a escola Gama Academy, e tem como objetivo incentivar a entrada do público feminino no setor de tecnologia da informação, cujo mercado de trabalho ainda é predominantemente masculino. As interessadas podem se cadastrar, pelo link: https://corp.gama.academy/luiza-code/inscricao 

Nesta edição, a formação terá duas turmas de 105 mulheres, que poderão escolher entre a linguagem Node.js ou a ferramenta de infraestrutura Google Cloud. Metade das vagas serão abertas para o público interno do Magalu e a outra parte para público externo, sendo que 50% delas serão destinadas a mulheres negras. Não é necessário ter formação na área ou curso superior. 

PUBLICIDADE  

Entre as participantes das edições anteriores do Luiza Code, mais de 30 já foram contratadas pela empresa como desenvolvedoras, Product Owner ou Cientista de dados. Na última edição, realizada no início de 2021, foram oferecidas 105 bolsas de estudo, sendo 50% delas destinadas às colaboradoras do Magalu.  

O programa tem duração de cinco semanas, acontece de segunda a sábado, em treinamento online, com mais de 100 horas de conteúdo. Há um desafio final, com base em um case real da companhia, para a conclusão do curso e recebimento do certificado. Além disso, as bolsistas terão uma sessão de mentoria com profissionais do Luizalabs e workshop de treinamento para participação em processos seletivos.(Com assessoria de imprensa) 

Previous eSocial simplificado é lançado com novo layout
Next Fortinet é eleita Parceira de Tecnologia do Ano pelo Google

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *