Único serviço a registrar crescimento em maio, a banda larga fixa totalizou 30.071.964 assinantes no mês. Segundo a Anatel, houve um aumento de 25.586 contratos, número que sofreu impacto com desligamentos feitos pela Oi (54,7 mil acessos). Em termos de adições líquidas, a Claro liderou com 39 mil acessos e os ISPs, somados, ficaram em segundo lugar com 17,6 mil acessos. O destaque foram para os novos clientes utilizando a tecnologia de fibra óptica e procurando mais velocidade.

Em maio, a tecnologia FTTx, que usa fibra óptica e ganhou escala entre os provedores regionais, respondeu por 140,5 mil dos acessos, sendo a que mais cresceu. Em segundo lugar ficou o cabo, com 49 mil novos contratos.

Mas no quadro geral, conforme os números da Anatel, a tecnologia xDSL (usada por Oi e Vivo) continua a predominar, com 12,9 milhões de acessos no país. Em seguida vem o cabo (usado principalmente por Claro/Net), com 9,2 milhões, e FTTx, com 3,8 milhões. O rádio tinha 2,4 milhões de clientes.