Com o objetivo de expandir sua atuação junto aos provedores de internet, a Raisecom, fabricante de equipamentos de tráfego para redes ópticas, fortaleceu a sua estrutura de suporte técnico no Brasil, em parceria com a OIW Telecom, uma das distribuidoras de redes para Provedores de Serviços na Internet (ISPs). O foco é instalar  e configurar, sem custo adicional, suas OLTs (Optical Line Terminators) para empresas desse segmento.

Na mesma iniciativa, a Raisecom também está oferecendo aos ISPs brasileiros o acesso, igualmente sem custo, ao software de gerenciamento NView e a sua instalação e suporte. De acordo com Márcio Cachapuz, diretor da Raisecom Brasil, com esta agregação de valor, a empresa vem ajudando as empresas pequenas e médias do segmento a desenvolverem suas infraestruturas para a prestação de serviços regionais do tipo “quadriplay”, tais como vídeo sob demanda, jogos interativos, IoT e processamento de aplicações móveis para comércio e serviços urbanos.

“Em geral, o alto custo relativo do software de gerenciamento e dos serviços técnicos de implantação cobrados pelos demais fabricantes contribuem para que o provedor protele os investimentos na renovação de suas redes”, comenta Cachapuz. A nova estrutura de suporte possui um canal direto de apoio com núcleos de alto nível compostos por mais de 100 especialistas nos laboratórios internacionais da Raisecom.

Segundo Matheus Araújo, responsável pelo suporte da OIW, com o novo desenho de atendimento, a OIW e a Raisecom conseguem imprimir maior velocidade na solução de problemas que vão da configuração básica de unidades de redes e switches até problemas complexos de interoperabilidade e reconfiguração de firmware. “Nossa sinergia acontece não só no acompanhamento de pós-vendas e no dia a dia do cliente, mas também apoiando as equipes de vendas na fase de diagnóstico e projetos”, explica Araújo.

Atuando no Brasil há seis anos, a Raisecom tem presença expressiva com a sua tecnologia em mais de 60 países e, agora, divide com a OIW uma ofensiva para liderar as vendas no nicho de internet.(Com assessoria de imprensa)