Ava Telecom expande infraestrura para atender alta da demanda


A Ava Telecom anuncia investimentos na expansão da sua rede no interior paulista, de modo a atender melhor à crescente demanda de provedores de Internet locais (ISPs), motivada sobretudo pelo home office e pelo maior tempo que os usuários têm passado em casa durante o período de quarentena. Um novo anel de fibra ótica liga Campinas a Ourinhos, passando por importantes cidades como Conchas, Botucatu e Bauru, indo até a fronteira com o Paraná, possibilitando novos anéis de redundância.

São 600 km de rede a mais, com capacidade ativa de 1,2 Tbps, servindo a cerca de 50 provedores locais, que levam internet para 16 novas cidades. Assim, a rede da Ava Telecom passa a ser a única na região Oeste do estado de São Paulo que conta com redundâncias, rotas alternativas a partir de Ourinhos, via Paraná.

Além disso, a Ava Telecom está duplicando a capacidade de tráfego de sua rede atual, que passa a contar com até 4 Tbps, ligando diretamente o interior do estado aos PTTs (Pontos de Troca de Tráfego) em Barueri, com um novo anel de redundância na Anhanguera e na Bandeirantes, o que traz ainda maior estabilidade e segurança para a operação. A nova estrutura de rede foi planejada para atender aos novos datacenters Ascenty e Equinix 4, que se somam ao Tellium e ao Equinix 2, que já faziam parte da rede. A estrutura também já está dimensionada para atender a futura abertura dos datacenters Scala e Equinix 3.

São Paulo, SP 19/07/2019 – NLT
Foto: Leo Martins

Para o CEO da Ava Telecom, Paul Sassine, “o investimento em infraestrutura de rede no interior do país é motivado, sobretudo, pelo crescimento sustentável da demanda, decorrente não apenas do aumento do tráfego durante a quarentena, mas também do excelente desempenho dos provedores locais, cada vez melhor preparados para atender às demandas de pessoas e empresas, diversificando sua oferta e modos de atuação“.

Fundada em 2013, a Ava Telecom investe continuamente na construção de redes DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing) para agregar mais capacidade de transmissão à sua malha óptica, com mais de 2.000 quilômetros no estado de São Paulo. Seu core permite prestar, com a mais alta qualidade, serviços dedicados de transmissão de dados e voz a todos os tipos de organização, como empresas, universidades, governos públicos, indústrias e parques industriais.(Com assessoria de imprensa)

Previous Decreto de Bolsonaro sobre direito de passagem tem constitucionalidade questionada pela PGR
Next Furukawa cresce 65% em 2020, mesmo com pandemia

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *