Redes neutras podem liberar os ISPs para fazerem o seu melhor, diz Rodrigues


O CEO da Interjato, Erich Rodrigues, defendeu a criação de redes neutras, que despertam interesse de investidores estrangeiros. “Isso seria um avanço e benéfico para o provedor regional, que tem mais talento para prestação do serviço”, afirmou. Porém, defende que haja uma regra para efetivar essa neutralidade da rede.

Segundo ele, que participou nesta terça-feira, 16, do Agrotic 2020, na Índia, por exemplo, não é permitido construir redes onde a infraestrutura já existe, enquanto no Brasil é comum ver três, quatro redes servindo a mesma região.

Como ainda não existem no Brasil, o foco dos ISPs, diz Rodrigues, é construir infraestrutura própria e chegar primeiro nas cidades. Com essa preocupação, admite, há pouca aproximação com o agronegócio, mesmo estando mais perto dele.

PUBLICIDADE  

“Os provedores têm identidade, vocação para atender o campo. Talvez mão tenha atentado para a demanda que existe. Tem tantas possibilidades, que acho que o agronegócio terá um atendimento melhor pelos pequenos provedores”, avalia.

O Agrotic 2020 é uma realização do Tele.Síntese, em parceria com a EsalqTec, e que acontece até sexta-feira, 18, totalmente em formato virtual.

Previous Para Abrint divisão da faixa do WiFi 6E atrasará conectividade no campo
Next Huawei quer parceria com ISP para atendimento ao produtor rural

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *