Foto: Agência Câmara

O diretor da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Marco Delgado, disse, nesta quinta-feira, 5, defendeu a alteração das prioridades na nova regulamentação de aluguel de postes, que está sendo elaborada pela Anatel e Aneel. “É preciso garantir, em primeiro lugar, a regularização das redes de telecom, visando a segurança. A questão do preço, passa a ser coadjuvante”, recomendou.

Em relação ao preço, Delgado sugere uma solução de mercado nas grandes cidades, onde há mais demanda pelos serviços, a ocupação se daria por licitação. “Ganha que oferecer o valor mais alto para o aluguel de poste e o valor mais baixo pela oferta do serviço”, opina.

Para os mercados onde não há muita concorrência, Delgado aceita a aplicação do preço de referência. “Para nós distribuidoras, o principal é a regulamentação das redes”, concluiu.

Delgado participou da audiência pública sobre a instalação desordenada de cabos nos postes de energia elétrica e o impacto da instalação subterrânea desses cabos, que foi realizada pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; de Desenvolvimento Urbano; e de Minas e Energia da Câmara dos Deputados.