ISPs perdem acessos de banda larga fixa em janeiro


A quantidade de acessos em banda larga fixa caiu em janeiro de 2020 em relação a dezembro de 2019. Conforme dados da Anatel divulgados recentemente, houve 454,4 mil desligamentos, uma redução de 1,38%. Ao final do mês havia no país 32,46 milhões de assinantes de banda larga fixa. Os ISPs, classificados como prestadores de pequeno porte pela Anatel, perderam 280 mil acessos, permanecendo com 9,6 milhões em janeiro. O número é 2,74% menor que o registrado em dezembro.

Os números dessa categoria estão bastante sujeitos a falhas de notificação de provedores regionais, os ISPs, e tendem inclusive a ser subnotificados conforme as entidades do segmento, porém as quedas foram mais significativas nas grandes empresas, como na Oi e na Vivo. Em relação a janeiro de 2019, no entanto, houve crescimento de 3,39%, o que representa adição de 1,06 milhão de contratos.

Com isso, mudou o ranking dos grupos econômicos por participação de mercado mostra os ISPs, que haviam se tornado o maior grupo em dezembro, agora com 29,5% do mercado de banda larga fixa. A Claro voltou a ser o primeiro grupo, com 29,6% do mercado. Em seguida aparece a Vivo, com 21,4% do mercado, e a Oi com 15,8%.

PUBLICIDADE  

TENOLOGIAS

Em janeiro se viu a fibra óptica (FTTH) a ter um número maior de acessos do que a tecnologia xDSL, que depende do par de cobre usado na telefonia fixa. Os dados da Anatel apontam para 10,34 milhões de acessos em fibra, superando os cabos metálicos xDSL (9,95 milhões). O cabo coaxial (usado pelas operadoras de TV por assinatura), tecnologia que havia sido superada pela fibra em novembro, tinha 9,59 milhões de acessos em janeiro.

Enquanto o cabo coaxial ficou estável, a fibra expandiu sua presença em 125,3 mil acessos, o que representa 1,23%. O satélite também cresceu, adicionou 6,13 mil clientes, alta de 2,29% (total de 274 mil). As demais tecnologias encolheram. O xDSL perdeu 383,99 mil clientes, baixa de 3,71%. E o rádio desligou 198,10 mil acessos, retração de 8,77%, ficando com 2,06 milhões de clientes.

COMPETIÇÃO

Dentre as grandes operadoras, a Claro foi a que mais adicionou clientes em janeiro. Foram 23,48 mil, expansão de 0,2% da base, que totalizou 9,6 milhões de clientes.

A TIM, com base menor, de 591 mil clientes, adicionou 7,5 mil assinantes, alta de 1,3%. Já a Oi perdeu 119,84 mil cliente, ficando com 5,13 milhões. A Vivo também desligou: foram 80,6 mil cancelamentos, passando ao total de 6,9 milhões de usuários.

 

 

Previous NEGER Telecom vê oportunidades com acordo militar entre Brasil e EUA
Next Anatel aprova adequações à agenda regulatória de 2020

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *