Nova CTO da R&M reduz tempo de instalação


Empresa fornecedora de soluções para infraestruturas de rede de alta qualidade, a R&M acaba de lançar em sua unidade no Brasil, a nova CTO RIO (Real InterOperability).  A solução foi especialmente desenvolvida pensando nos desafios enfrentados pelos instaladores na implantação e manutenção da rede, devido ao trabalho realizado em ambientes difíceis e de alto risco.

A nova CTO permite que o serviço de terminação e fusão seja realizado na bandeja em solo, ao mesmo tempo que a caixa é instalada no poste ou cordoalha, diminuindo o tempo de instalação e garantindo mais praticidade e segurança. O mesmo ocorre quando há necessidade de manutenções, uma vez que o instalador pode remover a bandeja interna e fazer a manutenção em solo longe das redes elétricas, sem a necessidade de retirar a caixa do poste.

PUBLICIDADE  

Segundo o diretor geral da R&M para América Latina, Paulo Campos, a nova CTO apresenta inovações técnicas que visam facilitar a instalação inicial, o aumento de capacidade de acordo com as ativações de clientes, e a manutenção da instalação, além disso separando em áreas especificas bem definidas e com possibilidade de bloquear o acesso à área de emenda, à zona de splitters ou zona de ativação. Desta forma o ISP ou operadora pode ter a segurança de que a sua equipe de ativação não irá interferir no trabalho de emendas ou no splitter diretamente.

Com  grau de proteção IP67, acessórios de fixação em cordoalha incluídos, a CTO RIO é a solução ideal para todos os ambientes, permitindo a sua instalação em cordoalha, poste ou diretamente na fachada do edifício.

A CTO já vem recebendo grande aceitação do mercado, em pesquisa realizada com clientes que receberam amostras da Caixa para teste, foi constatado por 58% deles que o conceito da caixa com bandeja removível agiliza e é um diferencial significativo para as operações, além disso 60% dos clientes consideraram o design da caixa inovador.

A nova caixa está disponível tanto na versão em duas peças (caixa + bandeja interna), quanto pré-conectorizada com interface SC/APC e MPO IP9 Senko, com ou sem splitter. Além disso, atende a todas as rigorosas especificações nacionais , definidas pela Anatel e as especificações internacionais, o que resulta em uma solução completa e preparada tanto para o mercado local, quanto para as necessidades do mercado global, o que possibilita ao mercado brasileiro também ser uma referência de inovação.(Com assessoria de imprensa)

Previous Universosat contrata novo satélite e amplia conectividade para empresas em localidades remotas
Next Tely reforça rede entre Rio de Janeiro e São Paulo em busca de atuação nacional

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *