Nova MP facilita acesso a crédito por pequenas e médias empresas


O governo publicou, nesta terça-feira, 2, a Medida Provisória 975, que institui o Programa Emergencial de Acesso a Crédito por meio da disponibilização de garantias e de preservar empresas de pequeno e de médio portes diante dos impactos econômicos decorrentes da pandemia de coronavírus (COVID-19), para a proteção de empregos e da renda. Serão beneficiadas empresas com renda bruta entre R$ 360 mil e R$ 300 mil.

Para isso, o governo vai aumentar em até R$ 20 bilhões a sua participação no Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), administrado pelo BNDES, exclusivamente para a cobertura das operações contratadas pelo novo programa. Serão atendidos os pedidos de créditos até dezembro deste ano a instituições credenciadas e as empresas ficam isentas de cumprir algumas formalidades.

A MP também altera a lei que criou o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) para permitir que o Fundo Garantidor de Operações (FGO) avalize até 100% do valor de cada operação de crédito garantida. Na versão aprovada, o FGO cobria até 85% do valor emprestado.

PUBLICIDADE  

A MP 975 já está em vigor e será apreciada diretamente no plenário da Câmara, como prevê o rito sumário adotado nesses tempos de pandemia.

Previous Minuta para votar regulamento sobre postes já está pronta, diz Silva
Next Fecebook lança recurso que permite apagar post antigos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *